LIDERANDO COM ÊXITO

“E agora permanecem a fé, a esperança, e o amor, mas o maior de todos é o amor” (1 Co 13:13).
Toda pessoa anela o sucesso. Ninguém vem ao pastor e pede oração para fracassar. Nenhuma mulher se casa para ser fracassada no matrimônio. Ninguém quer fracassar. Todas as pessoas têm anelos, desejos e sonhos. Todo homem deseja prosperar profissionalmente e subir de posto na empresa. Os jovens desejam terminar seu curso e se tornar um profissional. Muitos casamentos começam com muitos sonhos, mas depois de alguns anos se destroem.

Qual o segredo para o sucesso? Podemos chamá-lo de metas conquistadas, sonhos realizados, obstáculos vencidos, triunfos reconhecidos. Todos anelamos ser reconhecidos, valorizados e aceitos. Quando uma pessoa se dispõe a alcançar o êxito, deve-se se revestir de uma fortaleza interior, que lhe ajude a superar todos os obstáculos que possam se lhe apresentar no futuro.

Os homens que tem logrado alcançar êxito são aqueles que souberam assimilar muito bem os momentos de fracasso. O fracasso tem sido como uma alavanca para levantá-los. Todos nós devemos aprender com nossos fracassos. Quando entendemos que o fracasso que experimentamos está dentro do propósito de Deus, podemos escalar rumo ao sucesso.
Um dos grandes conferencistas, Dr. Robert Schuller, fez um paralelo entre o fracasso e sucesso:

1. Fracasso não significa que não alcançamos nada, mas que aprendemos algo.

2. Fracasso não significa que somos fracassados, apenas que ainda não tivemos bom êxito.
3. Fracasso não significa que havemos atuado como néscios, mas temos tido muita fé.

4. Fracasso não significa que sofremos o descrédito, mas que estivemos dispostos a experimentá-lo.
5. Fracasso não significa falta de capacidade, mas que devemos fazer as coisas de outra maneira.

6. Fracasso não significa que somos inferiores, mas que ainda não somos perfeitos.
7. Fracasso não significa que perdemos nossa vida, mas que temos boas razões para começar de novo.

8. Fracasso não significa que vamos ficar para trás, mas que vamos lutar com maior ímpeto.
9. Fracasso não significa que jamais lograremos nossas metas, mas apenas tardaremos um pouco mais para alcançá-las.

10. Fracasso não significa que Deus nos tem abandonado, mas que Ele tem uma idéia melhor.
Todos nós estamos dispostos a lutar para alcançar o êxito, mas muitas vezes as provas nos debilitam pelo caminho. Alguns, diante do primeiro obstáculo abandonam a carreira. Quantas mulheres que tiveram uma experiência sentimental equivocada, e disseram que jamais creriam nos homens de novo, “jamais me casarei, todos os homens são iguais”, e não quiseram superar seu fracasso. Todos nós teremos que passar por diferentes tipos de provas. No entanto, só alcançaremos sucesso se formos firmes e determinados.

1. Mantenha viva a chama da fé
A permanência da fé tem uma conotação eterna. Deus nos criou em fé. Deus é o arquiteto e o construtor. O arquiteto tem idéias. Ele é uma pessoa que pensa muito, e não se fixa no caos ou nas adversidades, mas naquilo que pode conquistar. Trabalha no plano das idéias. Logo ela a reproduz em papel e lápis. Quando a tem aperfeiçoado, a transforma em uma maquete e entrega ao construtor. 

O que Deus fez conosco? Deus não olhou para o fato que estávamos separados dele, submersos nos vícios e no pecado. Ele viu o que ele poderia fazer através de nós. Ele projetou uma mudança em nossas vidas e famílias, e estendeu sua mão de misericórdia até que fomos alcançados por sua graça e transformados pelo poder do seu Espírito Santo. Pedro disse que nos tornamos participantes da natureza divina. E isso significa que Deus nos dá a mesma capacidade a cada um de nós. Podemos trabalhar nos planos das idéias, podemos renovar nossa mente, podemos trabalhar com idéias criativas. Não devemos olhar para os fracassos em nossa vida ou em nossa família, ou finanças. Você deve entender que Deus chamou você para coisas grandes, para que você tenha êxito. Se você fracassou no passado, não significa que Deus quer que você seja um fracassado. O senhor quer lhe levar ao êxito.
2. Tenha um sonho

Esperança fala de amanhã. Muitos confundem esperança com fé. Alguns dizem: tenho fé que um dia vou sarar. Isso não é fé, é esperança. A fé conquista a cura agora, a fé conquista as finanças agora. A fé conquista a restauração familiar agora. A esperança é a projeção para o amanhã, é a visão, o sonho. E todos devemos ter um sonho. Qual o sonho que tenho para minha vida? Alguém disse: “Aquele que aponta para nada, chegará a lugar nenhum”. Deus quer que nós tenhamos grandes visões. Alguém disse: “Empreende grandes coisas para Deus, e Deus fará grandes coisas”.
3. Tenha metas definidas

Você deve saber para onde vai. Pense que você está num avião, viajando e o piloto fala no alto-falante, dando todas as informações de vôo, mas termina dizendo que não sabe para onde está indo. Muitos assim estão trabalhando sem propósito nesta vida. Estamos orando como nunca, lutando como nunca, mas não sabemos pelo que oramos e lutamos. Temos que ter metas e saber o que será de sua vida nos próximos três a cinco anos. Que metas você tem e como vai alcançá-las.
4. Esteja aberto às mudanças

A inovação é o poder criativo de Deus. Ele quer dar a você idéias e coisas novas. Por exemplo, uma experiência do Pr. César Castelanos: quando seu grupo de jovens era pequeno de 40 a 70 pessoas, o Senhor começou a falar com ele para usar a inovação. Muitos jovens não permaneciam na igreja, porque tudo tirávamos deles. A música não pode escutar é do diabo. Você não pode dançar, pois é do diabo. Seus amigos antigos são do diabo. Não participe de reuniões sociais, porque isso é do diabo. O Senhor disse: “vocês tiram tudo dos jovens, e não lhes dão nada em troca. Filho, a música não é do diabo, eu a criei, e tenho uma música melhor do que a do mundo. Tenha boa música”. Introduziram um louvor avivado para os jovens, e começaram a inovar na música, na dança. Antes usavam as danças hebraicas, mas era fora da sua cultura. E começaram a ter suas próprias danças com jovens e grandes coreografias, e a reunião de jovens começou a crescer. De 70 foi a 200, a 500, e começavam as 4 e terminavam as 9. Ele tinha que dizer aos jovens que se fossem, pois tinham que limpar o templo. Agora são 15.000 jovens que assistem as reuniões aos sábados, que amam ao Senhor de todo coração e alma, e cerca de 600 se entregam ao Senhor. E isto começou quando inovamos o louvor. Engrandeça ao nome do Senhor. Aceite a inovação.
 5. Nunca deixe o seu primeiro amor

Paulo disse que a fé, a esperança e o amor permanecem, mas o maior é o amor. Em Ap 2 o Senhor diz “contra ti tenho que abandonaste teu primeiro amor”. Lembra-se de quando você aceitou ao Senhor no começo, quando orava, jejuava, testemunhava, estava apaixonado pelo Senhor? Lembra-se quando estava recém-casado? Era muito amável, educado, lhe dizia “meu amor”. Como as coisas mudaram. Já não há manifestações de afeto, apenas uma rotina. Não prestamos atenção ao que o cônjuge fala. O amor tem esfriado. E Deus quer restaurar o primeiro amor em cada vida. Não somente com Deus, mas também na vida conjugal e familiar. Se você pode dizer eu te amo para seu cônjuge quando acorda, então poderá amá-lo (a) durante todo o dia! Temos que reavivar a chama do amor. Muitas pessoas crêem em Deus, mas nem todas estão apaixonadas por ele. Nós devemos estar apaixonados por Deus.

Deixe um comentário