Tempestade: para vencer e aprender

Vencendo e aprendendo com as tempestades

Marcos 4:35-41

Introdução: Os discípulos de Jesus enfrentaram uma situação terrível, pois enquanto estavam no barco atravessando o Mar da Galiléia, levantou-se forte vento e em meio à tempestade pensaram que iam morrer.

O que podemos aprender nesse texto?

O fato de servir ao Senhor Jesus não nos isenta de enfrentarmos dificuldades.
Os discípulos estavam a serviço de Jesus de forma fiel e obediente. Cuidavam da viagem para que pudessem chegar onde o Mestre queria.

Jesus entendia perfeitamente cada um dos discípulos, pois tinha as mesmas necessidades – Ele dormia.
Jesus era sujeito às mesmas necessidades dos discípulos: cansaço, fome, sede, precisava repousar, tristeza, decepção, etc.

Jesus sendo Deus possui um poder ilimitado, sobrenatural.
Com uma só palavra, acalmou a tempestade e o que parecia ser o fim, passou a ser uma festa.

Jesus, apesar de sempre estar disposto a socorrer-nos, espera que cresçamos na fé.
Ele socorreu os discípulos, mas antes deixou uma advertência: “por que sois tão tímidos, ainda não tendes fé”.

Conclusão: Passar provações não significa distanciamento de Jesus. Estar vivendo na calmaria não quer dizer necessariamente ter aprovação de Deus. A tempestade não significa que tudo está perdido, mas que há oportunidade de experimentar o sobrenatural. Crescer na fé é uma necessidade vital para quem quer superar as Adversidades.

Deixe um comentário