Errar é humano, perdoar é divino

A maturidade cristã é demonstrada quando se admite os erros e pede perdão. Uma comunidade vai morrendo quando não se vivencia o arrependimento e o perdão. As orações, as ofertas perdem seu sentido e valor se não houver perdão. Aqueles que não liberam perdão adoecem espiritual, emocional e fisicamente. Precisamos perdoar como Deus nos perdoou em Cristo. O verdadeiro perdão é definitivo, imediato e pleno. Não podemos perdoar em prestações e nem com prazo fixado. O perdão é terapeutico, pois produz cura para as feridas emocionais, restaura os relacionamentos quebrados, produz maior comunhão e promove a glória de Deus. É tempo de nos livrarmos das feridas da alma, contruirmos pontes e derrubarmos os muros, seja na igreja, na família ou em qualquer contexto em que estivermos inseridos.

Deixe um comentário